Eduardo Lopes apresenta Painel de Desenvolvimento Sustentável em Itaocara (RJ)

Secretário reiterou seu compromisso com as metas do governo dentro da Seappa e prometeu atenção a cada um dos municípios do estado do Rio de Janeiro

Publicado em 06/04/2019 - 00:00

Itaocara (RJ) – Nesta semana, o secretário de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento do Estado, Eduardo Lopes (PRB), esteve no município de Itaocara, no Noroeste Fluminense, a convite do prefeito Manoel Faria, para apresentar o Painel de Desenvolvimento Sustentável. O objetivo foi falar sobre as ações da Seappa e abrir oportunidade de atuações conjuntas, firmar parcerias e cooperações técnicas com os municípios e entidades representativas, em prol do desenvolvimento econômico e sustentável do agronegócio. Também estiveram presentes o presidente da Emater-Rio, Sergio Lemberck, o subsecretário de Agricultura Familiar da Seappa, Adriano Lopes, o secretário de Agricultura da cidade, João Batista, e o secretário de Estado das Cidades, Juarez Fialho.

“Diversos representantes do setor agropecuário da região discutiram um pouco mais sobre caminhos para o desenvolvimento sustentável do agronegócio, e a gente teve o prazer de receber os secretários de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, Eduardo Lopes, e das Cidades, Juarez Fialho”, lembrou Batista.

O secretário de Estado das Cidades, Juarez Fialho, disse que nesse momento de escassez, se faz necessário investir de forma eficiente os poucos recursos existentes. “Só conseguimos investir de forma eficiente se conhecermos de perto os problemas. Nessas visitas, nós conseguimos entender e valorizar as potencialidades de cada lugar”.

O secretário Eduardo Lopes aproveitou para conhecer com a equipe de técnicos o Centro Estadual de Pesquisa e Desenvolvimento da Pecuária Leiteira da Pesagro, o banco de sementes, a estrutura do centro que cuida da pecuária leiteira, além da pecuária de boi, onde é feito o cruzamento de espécies. Durante a tarde, ele participou de um debate sobre a economia agropecuária com os agricultores presentes.

“Setenta por cento da produção do nosso estado vêm do pequeno produtor, da agricultura familiar. Por outro lado, nós importamos 70% do que consumimos, nós somos o segundo mercado consumidor do Brasil. Vivemos este mercado e de repente não temos o acesso que deveríamos. Nós temos que trabalhar por meio da pesquisa, extensão rural, do apoio ao pequeno produtor, o acesso ao crédito e com isso resolvendo os problemas que trazem o gargalho, da questão que barram o produtor”, disse Lopes.

Segundo o prefeito de Itaocara, Manoel Faria, são mais de 1.500 associados que contribuem com a cooperativa, e a Pesagro é uma parceira e fornecedora que tem desenvolvido um grande projeto parceiro. “É um prazer enorme receber o secretário Eduardo Lopes, que está na vida pública há anos, e agora vivendo uma experiência nova, que é lidar diretamente com o agronegócio do estado. O Rio de janeiro possui um grande potencial agrícola e na área do agronegócio de uma maneira geral. É preciso ser olhado de perto, precisa ter um foco diretamente ligado principalmente ao pequeno produtor, que é a razão de a cooperativa existir”, afirmou o prefeito.

A cooperativa atende atualmente a 11 municípios: Itaocara, Aperibé, São Antônio de Pádua, Cambuci, Cantagalo, São José de Ubá, São Fidelis, São Sebastião do Alto, Miracema, Santa Maria Madalena e Italva. Cerca de 80% dos associados são pequenos produtores.

Eduardo Lopes reiterou seu compromisso com as metas do governo dentro da Seappa e prometeu atenção a cada um dos municípios do estado do Rio de Janeiro. “Sou secretário do estado, tenho que trabalhar por ele. Para isso eu busco atender os 92 municípios. As parcerias para todos os objetivos são imprescindíveis para alcançarmos nossos resultados positivos para as necessidades de cada região. E os principais beneficiados serão os agricultores familiares e pescadores”, declarou o republicano.

E completou: “Não tenho dúvidas de que a grande demanda dos municípios é o programa Estradas da Produção. Não adianta produzir se não tivermos como fazer o escoamento. Temos o apoio do Governo do estado para alcançarmos nossas metas nos municípios, disponibilizando o número de equipamentos e insumos necessários para a agropecuária. Contamos com o apoio de nossas empresas vinculadas nessa empreitada, desde a Emater à Fiperj, Pesagro e Ceasa. Quanto aos créditos rurais, temos a parceria do Banco do Brasil, que por meio dos correspondentes bancários, oferece facilidades para estes empréstimos aos agricultores familiares. E não podemos esquecer do projeto Rio Genética, que estamos tratando com o prefeito para que se torne uma realidade. Tenham certeza de que, como secretário de Agricultura, Pecuaria, Pesca e Abastecimento desta gestão, o trabalho e a dedicação serão uma constante para que juntos sejamos mais fortes e voltemos a ver o nosso estado do Rio de Janeiro crescer”, concluiu Eduardo Lopes.

Texto e fotos: Ascom – Seappa
Edição: Agência PRB Nacional

Reportar Erro
Send this to a friend