DF terá políticas públicas de trabalho para pessoas com epilepsia

Câmara Legislativa aprovou projeto do deputado Rodrigo Delmasso que cria a Política Pública Distrital de Trabalho, Emprego e Renda para pessoa com epilepsia

Publicado em 25/09/2019 - 00:00

Brasília (DF) – O Plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou o Projeto de Lei nº 1513/2017, de autoria do deputado distrital Rodrigo Delmasso (Republicanos-DF), que cria a Política Pública Distrital de Trabalho, Emprego e Renda para pessoa com epilepsia.

Delmasso apontou que o direito ao trabalho e renda é parte dos direitos econômicos e sociais. Por ter como base a igualdade, o direito ao trabalho prevê que todas as pessoas têm direito de ganhar a vida por meio de um trabalho de sua escolha, de possuir condições de trabalho iguais e satisfatórias e de ser protegida em caso de desemprego.

O republicano é militante da causa das pessoas com epilepsia e tem lutado para que o estado possa atender melhor a essas pessoas. “Esse projeto aprovado é mais uma vitória para as pessoas com epilepsia. Muitas pessoas perdem seu emprego por sofrer alguma crise e muitas vezes até deixam de ser contratadas por ter epilepsia. Mas eu acredito que com uma política pública adequada, vamos conseguir garantir seu direito de trabalhar e viver dignamente”, comentou.

No Brasil, a epilepsia é tratada como um problema de saúde pública ainda não resolvido, o que é comprovado pela ausência da garantia de direitos constitucionais. Em relação ao trabalho, a falta de políticas públicas que garantam o emprego e protejam pessoas com epilepsia de atitudes discriminatórias evidencia o quadro do desemprego ou subemprego. A participação de pessoas com epilepsia na definição de políticas públicas mostra um aumento na maturidade brasileira em torno do tema.

Texto e foto: Ascom – deputado distrital Rodrigo Delmasso

Reportar Erro