Delmasso pede agilidade no projeto do Hospital do Servidor Público

Republicano se reuniu com a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues e com o secretário de Saúde, Osnei Okumoto

Publicado em 01/03/2019 - 00:00

Brasília (DF) – Em apenas um ano, 529 servidores da Secretaria de Saúde do DF foram afastados do trabalho por conta de transtornos mentais e comportamentais, segundo o relatório da Diretoria de Epidemiologia em Saúde do Servidor, de 2017. Por isso o vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado distrital Delmasso (PRB), tem lutado junto com o SindSaúde pela implantação do Hospital do Servidor Público.

Nesta quinta-feira (28), Delmasso se reuniu com a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, com o secretário de Saúde, Osnei Okumoto e a superintendente da Região de Saúde Centro-Sul, Dra Moema Liziane Campos, para tratar sobre a construção do hospital para a região Centro Sul, no Guará. O deputado já destinou emenda de R$ 1,5 milhão para os projetos arquitetônico e complementar.

Com uma nova unidade, o prédio atual seria desocupado e liberado para abrigar então, de forma provisória, o Hospital do Servidor Público, até que uma unidade maior e moderna seja construída, provavelmente na Asa Sul. O secretário Osnei Okumoto informou que a construção do hospital para o servidor já está aprovada pelo governador Ibaneis Rocha e que estudos já estão sendo feitos para a área pretendida.

A presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, agradeceu o apoio do deputado Delmasso e destacou que é importante dar andamento nessa proposta. “O servidor tem passado por uma situação muito complicada de saúde. Precisamos muito deste Hospital, o braço do Estado está doente. Agradeço muito o apoio do deputado Delmasso”, afirmou.

“Falta pouco para o sonho do novo Hospital do Servidor Público no DF”, comentou Delmasso, em uma rede social.

Texto: Ascom – deputado distrital Delmasso
Edição: Agência PRB Nacional
Foto: Rogério Lopes

Reportar Erro