Avança projeto de Fábio Freitas que declara ASCAE como utilidade pública

O deputado estadual Fábio Freitas comemorou a aprovação, em primeiro turno, do projeto que declara Associação Santarena como Utilidade Pública

Publicado em 25/10/2019 - 00:00

Belém (PA) – A Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa) aprovou em sessão da quarta-feira (23), em primeiro turno, o Projeto de Lei nº 183/2019 do deputado estadual Fábio Freitas (Republicanos). A proposta declarada como de Utilidade Pública para o Estado do Pará, a Associação Santarena de Canoagem e Ecologia (ASCAE) ,localizada no bairro Caranazal, em Santarém, oeste paraense. 

a ASCAE foi fundada no dia 15 de julho de 1991 e é uma sociedade civil de direito privado, de caráter desportivo, recreativo promovendo o desenvolvimento da orientação e aprendizagem do desporto da canoagem e Ecológica, utilizando práticas sustentáveis e culturais, representativa da região e sem fins lucrativos.

Os projetos sociais buscam, em sua prioridade, atender às necessidades das comunidades do município de Santarém, por meio de um conjunto integrado de atividades, esportivas da canoagem, ecológicas e sustentáveis, transformando a realidade social da comunidade, assegurando um ambiente de acessibilidade e adaptabilidade para contribuir com a formação do cidadão, buscando, acima de tudo, a proteção da fauna, da flora e dos rios, buscando a garantia dos direitos do ser humano e do meio ambiente.

“Como podemos observar, a Associação Santarena de Canoagem e Ecologia, preenche todas as exigências legais e, pelo que representa enquanto entidade que procura proporcionar a melhoria da qualidade de vida de seus associados e a população em geral, faz por merecer a distinção com o reconhecimento de Utilidade Pública para o Estado do Pará, pela relevância e idoneidade dos serviços prestados pela instituição”, afirmou Fábio Freitas.

O projeto segue para aprovação em 2° turno e Redação Final no plenário.

Texto e fotos: Ascom – Deputado estadual Fábio Freitas 
Edição: Agência Republicana de Comunicação (ARCO)

Reportar Erro