Audiência pública debate saúde, moradia, ciência e tecnologia em Apucarana

A audiência foi coordenada pelo secretário do Planejamento e Projetos Estruturantes do Paraná, Valdemar Bernardo Jorge (Republicanos)

Publicado em 28/08/2019 - 00:00

Apucarana (PR) – Com duração de cerca de duas horas, a terceira audiência pública do Plano Plurianual 2020-2023 foi realizada na terça-feira (27) em Apucarana e teve participação expressiva de representantes da sociedade civil, autoridades, lideranças de diversos segmentos, do setor produtivo, acadêmicos, diretores e professores de instituições de ensino superior da região do Vale do Ivaí. O encontro reuniu aproximadamente 150 pessoas no Salão Nobre da prefeitura.

A audiência foi coordenada pelo secretário de Estado do Planejamento e Projetos Estruturantes, Valdemar Bernardo Jorge (Republicanos), que ressaltou a importância da participação da sociedade na audiência pública. “Esse é um momento muito importante porque nos permite trocar informações com a população, ouvindo contribuições que enriquecem muito o processo de elaboração do Plano Plurianual”, disse.

Valdemar reforçou aos participantes que as seis audiências públicas do PPA que a secretaria está organizando é para ouvir a população. “Nosso governo pensa em fazer um planejamento com base no território. Cada região tem uma demanda específica e, por isso, é necessário ouvir sugestões do maior número de municípios”, comentou o secretário.

O prefeito de Apucarana, Junior da Femac, participou do evento e disse que “o momento é adequado para conhecer as propostas do Governo Ratinho Junior e, por isso houve uma mobilização para que a sociedade estivesse presente na audiência pública para ouvir as propostas do PPA e assim, contribuir com sugestões nas iniciativas e ações apresentadas.”

Durante a audiência, foram encaminhadas dezenas de perguntas e sugestões relacionadas aos três programas do Plano de Governo apresentados no evento: Saúde Inovadora para um Paraná Inovador, Habita Paraná e Paraná Mais Ciência.

O representante da Secretaria de Estado da Saúde, Nestor Werner Junior, mostrou que o programa Saúde Inovadora para um Paraná Inovador no Plano Plurianual traz objetivos específicos, como a implantação da Rede de Atenção à Pessoa Idosa, da Rede de Atenção à Saúde Mental e da Rede de Atenção à Pessoa com Deficiência.

Elisângela Costa Araújo, chefe do Escritório Regional de Apucarana da Cohapar, disse o Programa Habita Paraná visa melhorar as condições de vida da população por meio da viabilização do direito à moradia digna. O resultado esperado é o atendimento de mais de 50 mil famílias através de diferentes tipos de ações voltadas à moradia.

Michel Samaha, representante da Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SETI), falou do programa Paraná Mais Ciência, que tem objetivo de integrar o conhecimento das universidades com as empresas e cadeias produtivas e incentivar pesquisa e desenvolvimento na área da tecnologia. Ele disse que o programa espera bons resultados com a promoção do conhecimento e inovação, com novas empresas de tecnologia, extensão tecnológica e pesquisa nas áreas estratégicas definidas pelo Conselho Paranaense de Ciência e Tecnologia e implantação de parques tecnológicos no Estado e criação de polos de inovação regional.

O professor doutor Ronie Galeano, diretor de Relações Empresariais e Comunitárias da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR Campus de Apucarana), comentou que a “UTFPR e outras instituições de ensino estão criando um ecossistema de inovação com o objetivo de desenvolver toda a região, justamente como apresenta o programa Paraná Ciência.”

Na área da Saúde foram feitas diversas perguntas. Ana Maria Schmidt, moradora de Apucarana, que quis saber quais serão os programas e serviços para pacientes com doenças raras e transtornos mentais, e Joel Sanches Junior perguntou sobre a realização de mutirões de cirurgia de cataratas.

Quem não esteve na audiência pública presencial ainda pode enviar contribuições para o Plano Plurianual 2020-2023 por meio da plataforma online www.planejaparana.pr.gov.br, até o dia 5 de setembro.

Texto e foto: Ascom – Secretaria do Planejamento e Projetos Estruturantes do Paraná
Edição: Agência Republicana de Comunicação (ARCO)

Reportar Erro