Antonio Vaz pede solução para CAPS de Campo de Grande (MS)

Centro de Atenção Psicossocial AD IV carece de profissionais e não possui equipamentos e insumos mínimos para atendimentos de urgência/emergência

Publicado em 26/09/2019 - 00:00

Campo Grande (MS) – O deputado estadual Antônio Vaz (Republicanos-MS), presidente da Comissão Permanente de Saúde da Assembleia Legislativa do Mato Grosso do Sul, solicitou ao prefeito de Campo Grande, Marcos Trad, e ao secretário Municipal de Saúde, José Mauro Pinto, que as irregularidades apontadas pelo Ministério Público Estadual em relação ao Centro de Atenção Psicossocial AD IV sejam sanadas.

Em março de 2019, a Promotoria Pública realizou visita técnica na unidade de saúde mental e registrou várias irregularidades, a exemplo da falta de profissionais, ausência de equipamentos e materiais mínimos para atendimentos na sala de urgência/emergência, além da falta de alimentação aos pacientes em tratamento.

No documento protocolado por Antônio Vaz, estão especificadas as irregularidades que devem ser sanadas e as datas para o cumprimento. “Tenho acompanhado a dificuldade do setor de saúde, não só em Campo Grande, mas no estado como um todo. No entanto, é necessário o esforço do Executivo Municipal para dar atendimento mínimo para a população. O CAPS AD IV, em Campo Grande, é uma unidade de saúde mental de referência, tem caráter aberto e comunitário, precisa de equipe multiprofissional para atender pessoas com sofrimento ou transtorno mental, incluindo aquelas que são usuárias de drogas. Não podemos tolerar o funcionamento sem as mínimas condições de suporte à vida”, justificou.

Texto: Márcia Caetano / Ascom – deputado estadual Antônio Vaz
Foto: Luciana Nasser

Reportar Erro
Send this to a friend