Antonio Vaz cobra solução para crise na saúde pública de MS

Antonio Vaz cobra solução para crise na saúde pública de MS

“As pessoas continuam sofrendo, não conseguem atendimento e o único caminho que encontram é a judicialização para conseguir ajuda”, alertou o parlamentar

Publicado em 29/11/2019 - 00:00

Campo Grande (MS) – A publicação do número de ações judiciais de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) ajuizadas para obtenção de direitos básicos como internação hospitalar, levou o deputado estadual Antônio Vaz (Republicanos-MS) a discursar na tribuna, na sessão plenária da quinta-feira (28), para cobrar soluções do estado.

De acordo com Jornal Correio do Estado, publicado nesta quinta (28), a Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul, já atendeu aproximadamente 10 mil pessoas que procuraram ajuda na área da saúde, esse ano.

O deputado que é coordenador da Frente Parlamentar de Defesa da Saúde Pública da Assembleia Legislativa, explicou que atende famílias desesperadas, conversa com os sindicatos dos setores da saúde e busca soluções, mas não consegue dar respostas porque é um problema de gestão do executivo.

“As pessoas continuam sofrendo, não conseguem atendimento e o único caminho que encontram é a judicialização para conseguir ajuda. Pessoas buscando vagas para internação, cirurgias ou medicamentos de custo elevado. As três esferas do executivo, estado, município e união são solidárias no financiamento da saúde. Precisamos encontrar soluções para o sofrimento de quem precisa do sistema público de saúde”, afirmou o republicano.

De acordo com a Defensoria Pública de MS, 20% das ações do setor de saúde, que foram ajuizadas em 2019, são pedidos de vagas de internação.

Texto: Márcia Caetano/Ascom- deputado estadual Antonio Vaz


Foto: Israel Sant
Edição: Agência Republicana de Comunicação (ARCO)

Reportar Erro