Eleições 2020: confira as principais datas do calendário eleitoral

Primeiro e segundo turno serão realizados nos dias 15 e 29 de novembro, respectivamente

Publicado em 11/09/2020 - 09:49

Brasília (DF) – Faltando dois meses para as Eleições Municipais 2020, que devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19) serão realizadas nos dias 15 e 29 de novembro, primeiro e segundo turnos, respectivamente, é importante ficar atento com as principais datas do calendário e as medidas de segurança adotadas para o pleito.

Com mais de 147 milhões de eleitores, o que dá uma média de 435 eleitores por seção eleitoral, estarão à disposição mais de 95 mil locais de votação em todo o país e mais de 401 mil seções eleitorais, informa o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso.

Com o objetivo de proporcionar o mais alto grau de segurança nas eleições, o TSE adotou cuidados sanitários para eleitores e mesários. A medida faz parte do Plano de Segurança Sanitária para as Eleições Municipais de 2020, elaborado pela consultoria sanitária gratuita formada por especialistas da Fiocruz e dos hospitais Sírio Libanês e Albert Einstein.

Conforme o protocolo, todas as seções eleitorais terão álcool em gel para limpeza das mãos dos eleitores antes e depois da votação, e os mesários receberão máscaras, face shield (protetor facial) e álcool em gel para proteção individual. Cartazes serão afixados com os procedimentos a serem adotados por todos. Os materiais foram doados ao TSE por importantes empresas e entidades brasileiras, evitando custo ao erário num momento em que o foco do poder público é combater a pandemia.

Confira as principais datas:

– 31 de agosto a 16 de setembro: período destinado às convenções partidárias e à definição sobre coligações;

– 26 de setembro: prazo para registro das candidaturas;

– a partir de 26 de setembro: prazo para que a Justiça Eleitoral convoque partidos e representação das emissoras de rádio e TV para elaborarem plano de mídia;

– após 26 de setembro: início da propaganda eleitoral, também na internet;

– 27 de outubro: prazo para partidos políticos, coligações e candidatos divulgarem relatório discriminando as transferências do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (Fundo Eleitoral), os recursos em dinheiro e os estimáveis em dinheiro recebidos, bem como os gastos realizados;

– 15 de novembro: primeiro turno da eleição;

– 29 de novembro: segundo turno da eleição;

– até 15 de dezembro: para o encaminhamento à Justiça Eleitoral do conjunto das prestações de contas de campanha dos candidatos e dos partidos políticos, relativamente ao primeiro turno e, onde houver, ao segundo turno das eleições;

– até 18 de dezembro: será realizada a diplomação dos candidatos eleitos em todo país, salvo nos casos em que as eleições ainda não tiverem sido realizadas.

Por Agência Republicana de Comunicação –ARCO, com informações do TSE

Reportar Erro