Deputada Rosangela Gomes participa de encontro na ONU sobre direitos da mulher

Deputada Rosangela Gomes participa de encontro na ONU sobre direitos das mulheres

“Vamos discutir a falta de representatividade feminina na política e a questão da mulher no mercado de trabalho, dentro outros temas importantes como a violência contra as mulheres”, disse Rosangela Gomes

Brasília (DF) – A deputada federal Rosangela Gomes (PRB-RJ), coordenadora nacional do PRB Mulher e presidente da Rede de Mulheres da Assembleia Parlamentar da Comunidade dos Países da Língua Portuguesa (AP-CPLP), participará pela terceira vez da reunião da Comissão sobre o Estatuto da Mulher, na sede das Nações Unidas, em Nova York, Estados Unidos.

O evento, que teve início na última segunda-feira (13) e vai até o dia 24 de março, é o maior fórum de Estados-membros da ONU e outros atores internacionais para discutir direitos e autonomia das mulheres, buscando criar consenso e compromissos para recomendações de políticas que podem ser implementadas.

“Este encontro na ONU é uma oportunidade para trocarmos experiências e discutirmos propostas e projetos em sintonia com o que os maiores palestrantes e especialistas do tema mulheres estão desenvolvendo. Também vamos discutir a falta de representatividade feminina na política e a questão da mulher no mercado de trabalho, dentro outros temas importantes como a violência contra as mulheres”, ressaltou Rosangela.

Ao comentar sobre as mulheres no mercado de trabalho, a deputada lembra que pesquisas apontam que as mulheres ainda são minorias e que isso precisa ser equiparado. “Num país de 210 milhões de brasileiros temos os menores indicadores de mulheres no mercado de trabalho. Pesquisa aponta que 44% da população feminina ativa está no mercado de trabalho. Quando você vem para o campo da representação feminina no parlamento isso é pífio. Com sorte, na Câmara e no Senado isso chega a 10%, mas quando você vai para as casas de leis nos estados você talvez não tem nem 7%. Se for para as câmaras de vereadores isso é pior ainda”, avaliou a deputada republicana.

De acordo com dados da ONU, cerca de 72% das mulheres brasileiras ouvidas pela entidade dizem que preferem um trabalho remunerado a ficar em casa. Já quando é perguntado aos homens, se eles querem que as mulheres trabalhem, 66% dizem que sim e 32% dizem que as mulheres não deveriam trabalhar e deveriam ficar somente em casa.

A deputada Tia Eron (PRB-BA) também integra a comitiva de mulheres que representará o Brasil na reunião, que neste ano traz como enfoque a autotomia econômica das mulheres num mundo do trabalho em mudança.

Comissão

A Comissão é o maior fórum de Estados-membros da ONU e outros atores internacionais para discutir direitos e autonomia das mulheres, buscando criar consenso e compromissos para recomendações de políticas que podem ser implementadas. Neste ano, o evento decorre sob o tema principal do empoderamento econômico das mulheres no mundo do trabalho em mudança.

Texto: Edjalma Borges / Ascom – Liderança do PRB
Foto: Douglas Gomes

Eu repórter republicano

Quer ser um repórter republicano e ver sua matéria publicada no Portal PRB? É muito simples. A Agência PRB Nacional disponibiliza um contato direto para receber todo o conteúdo (textos e fotos). Anote aí o e-mail: pautas@prb10.org.br. Viu como é fácil? Agora é só participar e nos ajudar a manter esse canal sempre atualizado.

REPORTAR ERRO

Informar erro

COMPARTILHE

FALE CONOSCO

O Republicanos está de portas abertas para ouvir você

Sugestões, críticas, dúvidas e elogios

faleconosco@republicanos10.org.br

FALE COM O PARLAMENTAR

Nesta semana, envie sua mensagem para a deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ):

E-mail (clique aqui)
ou
(61) 3215-5438

QUEM É QUEM

Conheça as lideranças do Republicanos

CONFIRA

EU REPÓRTER

Deseja indicar uma matéria para sair aqui no Portal Republicanos?

pautas@republicanos10.org.br

Pin It on Pinterest

Receba as novidades do PRB no seu e-mail

Boletim 10: enviado às segundas-feiras. Não enviamos spam.