Aroldo Martins destaca potencial agrícola do Paraná

Para republicano, Brasil tem potencial para se tornar celeiro do mundo

Publicado em 18/05/2022 - 15:33

Brasília (DF) – Durante reunião realizada nesta quarta-feira (18) na Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados, o republicano Aroldo Martins (PR) ressaltou o destaque do Brasil no mercado exterior como um dos maiores produtores agrícolas do mundo.

“Nós sabemos que, por conta de mudanças climáticas, haverá problemas de abastecimento de alimentos no planeta. Portanto, a agricultura brasileira é importante não apenas para o PIB (Produto Interno Bruto) ou para o agronegócio, mas, numa visão macro, o Brasil tem potencial de se tornar o celeiro do mundo”, afirmou.

De acordo com estudo da Embrapa, nas últimas duas décadas o Brasil tem sido o quarto maior produtor de grãos (arroz, cevada, soja, milho e trigo) do mundo, atrás apenas da China, dos Estados Unidos e da Índia, sendo responsável por 7,8% da produção mundial. Só em 2020, o país exportou 123 milhões de toneladas de grãos.

Na avaliação do parlamentar, a Comissão de Agricultura deve priorizar o abastamento nacional e a agricultura familiar, sem, no entanto, esquecer o potencial do Brasil no âmbito internacional por sua capacidade de produzir grãos, carnes, frango e demais produtos que a condição climática favorável permitir. “A nossa visão não deve ser restrita ao mercado interno. Devemos ter em mente que o Brasil pode ser agente importantíssimo numa crise já prevista, que pode abastecer o planeta”.

Por fim, Aroldo Martins destacou a relevância do estado do Paraná para o setor. “Sem desmerecer outras unidades da Federação, o Paraná é o espaço de terra, no mundo, que mais produz por metro quadrado”, observou.

Texto: Fernanda Cunha, com edição de Mônica Donato / Ascom – Liderança do Republicanos
Fotos: Douglas Gomes

Reportar Erro
Send this to a friend